Foi há 84 anos que Helena me indicou para esta tag e talvez todos os envolvidos nela já estejam mortos, mas aqui estou para comentar detalhes exclusivos dessa vida de escritor cheia de glamour.



Mentira, gente, nem tem glamour nenhum, mas essa tag precisa ser respondida porque eu já estou com vergonha do tanto que posterguei. Finjam que estão muito interessados nas respostas.

(Fui verificar, e quem criou essa tag aqui no Brasil foi a Pam Gonçalves. Ela passa bem, obrigado)

ONDE EU ESCREVO?

Onde eu NÃO escrevo, né, gente? Esse lance do lugar ideal e único nunca rolou pra mim. Eu escrevo onde posso. Não sei nem dizer onde eu prefiro. Escrevia de madrugada no meu quarto em Nova Iguaçu, escrevia no trabalho antes do meu expediente começar, passei a escrever no ÔNIBUS quando não estava mais rolando as opções anteriores (app Evernote, juro) e por aí vai. Também escrevo num caderno de papel quando me dá vontade.


COMO VOCÊ SE ISOLA DO RESTO DO MUNDO ENQUANTO ESTÁ ESCREVENDO?

Fecho a porta.

COMO VOCÊ REVISA O QUE ESCREVEU NO DIA ANTERIOR?

Deus me livre revisar o que escrevi 24 horas atrás. Só reviso os capítulos quando vou enviando para as betas e depois quando já escrevi tudo e chega a hora de editar. Eu escrevo tão despreocupado que nos meus textos originais tem um monte de [DESCREVER ROUPA DE FULANA AQUI] e [CONTAR COMO CICLANO MORREU, ESTOU SEM VONTADE DE ESCREVER ISSO AGORA]


QUAL A SUA PRIMEIRA ESCOLHA DE MÚSICA QUANDO NÃO ESTÁ SE SENTINDO INSPIRADO?

Jura que música serve pra isso? O que me inspira é ver gente falando sobre escrita (Por isso que recomendo demais assistir palestras, workshops e seguir autores, principalmente iniciantes, nas redes sociais) e ler trechos dos meus livros favoritos.

O QUE VOCÊ SEMPRE FAZ QUANDO ESTÁ LUTANDO CONTRA O BLOQUEIO DE ESCRITA?

Falo AMANHÃ SERÁ MELHOR, ADEUS. Geralmente é mesmo. Mas os meus bloqueios de escrita são todos pelo mesmo motivo: estou achando a história chata. E eu achar a história chata é um problema, porque eu tenho que ser meu fã número 1. Então, antes de sentar pra escrever, eu fico o dia todo pensando em como deixar a história mais empolgante pra mim. Só escrevo quando descubro. Às vezes é inventar algo novo, cortar um personagem ou mudar o foco. Lembro que Não Sei Lidar com Malas não estava andando no começo, os protagonistas eram Breno e Maria. A parte da Maria era maravilhosa, mas a do Breno... Insisti bastante, até que desisti e promovi Lídia como protagonista. Breno virou figurante. A história voou.

Só para constar, eu tenho poucos bloqueios na hora de escrever, porque sempre planejo antes. Sou desses que planeja. Agora mesmo estou escrevendo o capítulo 11 da minha história nova e já tenho planejado até o 16.

QUAIS FERRAMENTAS VOCÊ USA ENQUANTO ESCREVE?

Google Drive, meu caderno de ideias e meus rascunhos no Gmail (nossa, uso pra criar mil fichas).

QUAL A ÚNICA COISA QUE VOCÊ NÃO PODE VIVER SEM DURANTE A SESSÃO DE ESCRITA?

Depende do momento. Teve uma vez que fiquei em pânico porque esqueci meu caderno de ideias sei lá onde e meu planejamento estava todo lá. Estava escrevendo um capítulo que eu já sabia o que acontecia, mas nos próximos eu não tinha ideia. Graças a Deus achei meu caderno antes de travar. Não sei se o caderno é a resposta, acho que é saber o que vou escrever. Esse negócio de abrir uma página em branco e ficar pensando no que escrever nem faz sentido pra mim.


COMO VOCÊ SE ABASTECE/SE ALIMENTA DURANTE UMA SESSÃO DE ESCRITA? 

Abastece??? Vocês escrevem por quantos dias seguidos, gente? Eu nem como enquanto escrevo. Até olho torto para aquelas pessoas que levam lanche pra comer durante provas. Acho SURREAL.


COMO VOCÊ SABE QUANDO TERMINOU DE ESCREVER?

Quando eu termino o Processo. Escrevo tudo o que planejei, volto revisando, editando e incorporando o feedback das betas, reviso tudo de novo e FIM. Sempre dá para melhorar. Tipo, SEMPRE. E isso é um problema, porque, se você ficar nessa de querer deixar o texto perfeito, além de nunca conseguir, ele também nunca ficará pronto. Eu poderia estar editando Não Somos Um até hoje se não tivesse alcançando essa iluminação espiritual. Dia desses, eu estava relendo Gênios e fiquei "Humn... Esses parágrafos poderiam ser melhoresNÃO". Desliguei o Kindle e fingi que não vi. Já foi, gente. Volto para trabalhar mais nessas histórias quando uma editora quiser publicá-las e algum profissional me orientar. Fora isso, está bom. Muita gente leu e gostou, a mensagem foi passada, vida que segue. Farei melhor nas próximas.