Mais um oferecimento da Lista para este blog, teve um dia que eu estava à toa com vontade de fazer alguma coisa que eu não sabia o que era. Fui fuxicar a Lista, e a resposta apareceu: ESCALADA INDOOR.

 Lizzie topou a cilada do bem

Eu não lembro quando nem como isso entrou na Lista, mas a escalada indoor, como o nome já diz, é aquela que você faz em lugares fechados, naquelas paredes artificiais. Me amarro nessas coisas que qualquer um pode fazer mesmo sendo um pseudo nerd sedentário como eu, então montei minha cilada do bem, arrastei pessoas e fui.

GENTE. É bem mais difícil do que parece.

Na primeira vez que você tenta subir nas pedras (o nome correto é agarras, mas eu chamo do que quiser) e vê que o buraco é mais embaixo, a vontade é dizer "Moço, será que rola devolver meu dinheiro?". Mas, quando você insiste, descobre que é humanamente possível.

Ou seja, é mais difícil do que parece, mas mais fácil que esse difícil -q



Me exigiu uma força no braço que eu nem sabia que tinha. No fim da aventura, meus membros superiores eram feitos de geleia. Também tem que usar uma sapatilha que aperta seu pé com aquela ponta petrificada.

(Um dos melhores momentos é quando a gente SAI DE LÁ e pode tirar a sapatilha)

MAS TÃO LEGAL. Juro.

A gente não escala no dia a dia, né? Então achei o máximo. Descobri esse Evolução em Botafogo (30 reais a diária, você pode ficar lá o dia todo até morrer) (fico umas 2h quando vou) e funcionou muito bem pra mim. Existem aquelas escaladas de altura, com cordas e tal, que você tem que chegar ao topo, mas as do Evolução são horizontais. Você vai de uma ponta da parede à outra. O percurso nem é muito longo, mas é desafiador. De 20 tentativas, acho que só consegui atravessar tudo umas 5 vezes, contando os três dias que já frequentei. Tem as paredes mais inclinadas, tem as vezes que simplesmente não há onde colocar o pé e você faz uma oração ao menino Jesus enquanto descobre como lidar, tem pedras MÍNIMAS que depois você percebe que dá para colocar o pé sim e as agarras que parecem horríveis, mas servem de encaixe para sua mão perfeitamente. Tem toda uma estratégia e técnica naquele muro (que eu ainda não descobri, risos). O chão é todo acolchoado, então ninguém morre se cair lá de cima (não é tão alto também).

É legal que tem muita gente lá que já é ninja e você percebe que existe mesmo uma técnica. As pessoas tudo doida escalando de cabeiça pra baixo. Alguns são ~escaladores~ profissionais ou sei lá o quê, e é a coisa mais fascinante do mundo ver dois deles conversando, porque você não entende NADA, parece outro idioma. "Não, porque o bidedo e não sei o que lá, usei o grigri e blábláblá e pitonei sei lá o quê". 

PITONEI. 

No horário que eu fui (à noite), sempre tem uns iniciando também, então acho bem democrático. O espaço é pequeno e às vezes a gente dá um tempinho para que os outros possam usar as paredes, mas é o tempo de espera perfeito pra você respirar e recuperar a força nos braços. Tem umas paredes mais desafiadoras que outras, há um espaço separado só para os ninjas, eu fiquei só nas básicas mesmo e achei satisfatório.

Eu pitonando com a Raquel também

É verdade que eu não vi nenhuma pessoa gorda lá, como tinha no Crossfit, então não sei se o peso é uma coisa que realmente conta. Mas tem umas pessoas que você jura que passam o dia todo no computador e têm asma, mas escalam que é uma beleza. Não precisa ser fitness pra ter sucesso.

Tudo nesse blog eu recomendo DEMAIS, né? Pode ser que a escalada não seja uma coisa para todos, mas acho que uma tentativa vale, sim. Eu me diverti a beça e adoro levar gente lá. Acho que o Evolução já pode pensar em me pagar alguma comissão. Vamos pitonar juntos, gente!

(Não faço ideia do que essa palavra significa, mas certeza absoluta que não é assim que se usa)

***

Ei! O Museu do Amanhã acha que eu compartilhar minhas experiências VALE OURO (sério, ele me disse), então, se você quiser me ajudar, compartilhe esse OURO texto nas suas redes sociais para que mais pessoas possam saber que escalada indoor é legal! OURO OURO OURO
Se você é do Rio, marque um rolê, marque seus amigos me chamem, tem cara de sucesso pra mim :)

PS: Saiu no Facebook o resultado do sorteio dos Narins!