Eu sempre acreditei que jamais chegaria perto de um volante na vida. Nada contra carros, até tenho amigos que são (transformers), mas a ideia da minha pessoa pilotando uma máquina capaz de matar atravessando uma turba de gente raivosa me deixa desgraçadíssimo da cabeça. Não sei lidar mesmo.

Fica aí o suspense de por que eu coloquei "Andar de Kart" na Lista, só sei que eu estava de bobeira nas minhas férias, visitei o Random.org e, PLAH, kart. Eu amo a minha vida, sérião.


Claro que eu não ia entrar na roubada sozinho e arrastei meus fiéis escudeiros Jonas e Elisa para a pista. Minhas férias estavam tão badaladas com esse negócio de publica conto aqui, publico livro lá que eu nem estava dando muita atenção ao fator KART, mas, quando o dia chegou, gente, repensei todas as minhas escolhas da vida.

Foi minha primeira vez, e sabe aquela pessoa que não entende NADA de carro? Então, essa pessoa sabe mais que eu. Eu tenho vergonha de lidar com cinto de segurança porque sempre fico preso ou enrolado nele. Não sei abrir o vidro. Nunca tenho certeza se a porta está realmente fechada, se bati forte demais ou fraco. Detesto sentar na frente com medo da minha mão ou pé apertar algum troço sem querer e o carro desgovernar. Jonas, que tem um carro, diz que sair comigo é tipo Conduzindo Miss Daisy, porque eu sento no banco de trás mesmo estando só eu e ele no carro Hahahahahah Nasci pra ter choffer, fazer o quê? (não)

***

Um amigo meu tentou me ensinar comandos básicos do kart, coisas sobre acelerador, volante e freio, mas, gente, incrível como não absorvi uma única palavra. Eu disse "Na hora eu descubro", e ele "Você provavelmente vai apertar acelerador e freio ao mesmo tempo". NUNCA FUI TÃO OFENDIDO.

(spoiler: fiz isso mesmo algumas vezes, risos)

***

Que realidade paralela. A gente assistiu um vídeo de 8 min com instruções que explicava como entrar e sair do Kart, os acessórios de segurança, o que significavam as bandeiras que iam aparecer ao longo da corrida... Era muita coisa e eu sabia que não ia aprender metade, então apenas ri e fiz piada o tempo todo. E a roupa que tem que vestir? Primeira vez que uso uma BALACLAVA (aquela touca ninja) e essa talvez seja minha nova palavra favorita. A gente se sente meio ridículo vestindo aquele macacão, as luvas, o capacete... Uma coisa meio astronauta.

Não sei se em todo lugar é assim, mas eu senti que ia dirigir um troço que eu mesmo poderia ter construído no meu quintal. Ou seja, algo que ia explodir a qualquer momento. Não é como se fosse um carro bonitão da F1. Mas eu já estava ali, né? O cara me explicou a parada do freio e do acelerador. "Não pisa fundo direto em nenhum dos dois, você tem que ir alternando". Beleza.

Assim que foi dada a largada, A EMOÇÃO. GENTE, EU NO CONTROLE DE UM CARRO. A primeira coisa que eu fiz foi prender a roda do kart num poste, daí vieram me socorrer. A segunda foi pisar fundo no acelerador e bater de frente em um monte de pneus. Me socorreram de novo, eu já tava até sem graça. MAS DEPOIS DISSO FOI UM SUCESSO.

Quer dizer, Jonas e Elisa já tinham me dado umas duas voltas quando o cara mandou eu parar.

- Amigo, só pisa no freio quando for parar
- Não era para ir alternando?
- Não alternando entre o freio e o acelerador! Alternando entre pisar fundo no acelerador e relaxando o pé
- COMO É QUE É?
- É, ué
- EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ ME SABOTOU

Eu esse tempo todo passando vergonha arrastando meu kart pela pista. Aaaaaanda. Para do nada. Aaaaaaaaaanda. Para. Vocês imaginem os solavancos. Mas ok. Depois disso, AÍ SIM, APENAS SUCESSO.

MEU DEUS DO CÉU É TÃO RÁPIDO E AQUELAS CURVAS PERFEITAS EU SOU INFINITO OLHA QUE MAESTRIA A MINHA OLHA EU DE RETARDATÁRIO NO MEIO DO CAMINHO ATRAPALHANDO JONAS E ELISA ARRASEI

Eu de fato fiz os dois baterem com meu kart desgovernado imprevisível no meio da pista Hahahahahah Mas em minha defesa quero dizer que fiz uma performance dramática de Jesus Take The Wheel apenas UMA VEZ. Se Jesus pegou naquele volante, ele dirige mal a beça.

E as bandeiras que eu tinha que ter decorado? Tinha bandeira da largada, bandeira de última volta, bandeira pra parar, acidente na pista, deixe seu coleguinha te passar, punição, AFASTE-SE DESSE VOLANTE AGORA, ordem e progresso, essas coisas. A única que eu decorei foi a de deixar os amigos passarem, o azul, porque eu sabia que ia acontecer muito comigo. Não errei. No tempo que eu estava dando a vigésima volta, Os dois já estavam na vigésima segunda. Risos. Eu tava morrendo de vergonha que os caras estavam me mostrando bandeiras de outras cores e eu não fazia ideia do que era pra fazer Hahahahahah Só acelerei e fingi que não vi. Bandeira branca pra mim era paz mundial. Caguei.



Cheguei em TERCEIRO LUGAR. Uma vitória pessoal, sinceramente só tinha nós três. Mas, sem brincadeira, quem sabe como seria se eu não tivesse sido SABOTADO desde o início? Talvez o mundo não estaria preparado para mim. Eu realmente fiquei impressionado de ter conseguido me divertir a beça atrás do volante, fazendo as curvas sem desespero, curtindo a adrenalina de meter o pé no acelerador numa pista reta. Não sei se Deus estava no controle, mas eu estava e foi ótimo mesmo assim.

RECOMENDO DEMAIS. Talvez não tenha TANTA graça para quem já sabe dirigir e manja dos paranauês, mas tenho pra mim que não é a mesma coisa, ainda vale a pena. Com certeza, voltarei.

1 item a menos na Lista! Faltam só 36