Vim aqui para atestar que esse tweet está correto. É REAL. Eu tento incluir crossfit em todas as minhas conversas desde o dia que coloquei meu pé na academia e fiquei em posições estranhas para sentir os músculos.

- É sempre bom fazer alguma coisa diferente, né?
- Sim! Tipo eu, que iniciei no crossfit na semana passada e
- Você já contou

- Eu paguei o maior mico naquele dia! Hahahah
- Que nem eu que estava no crossfit tentando levantar a barra e
- É, você falou

- POR ISSO QUE EU FAÇO CROSFFIT
- O que isso tem a ver com política, que no caso é o assunto da conversa, Felipe?
- ...

¯\_(ツ)_/¯

Desculpem o transtorno, precisamos falar de crossfit. MAS ESTE BLOG É MEU E AQUI NINGUÉM VAI ME IMPEDIR

***

Uma experiência dentro da experiência está sendo pular corda. Que desafio, meu deus. Coordenação motora, please come to Brazil. Eu nunca pulei corda antes. Fui tentar pular corda no crossfit, pois professor disse que é fácil, que eu posso tudo e que meu corpo é uma máquina invencível etc aquelas bobajadas todas, mas aparentemente há limites. Gente, que fiasco. Nem uma voltinha.

Como sou um aluno aplicado, fui praticar em casa, pedi corda emprestada e tudo. Vocês iam adorar me ver pagando mico no quintal. A corda agarrou no pescoço, nos fios de eletricidade, nas árvores... Acertei o cachorro sem querer, tomei chicotada nas canelas, quase caí uma vez. Derrubei uma planta da minha mãe (era um cacto e passa bem, não contem a ela). Depois de muito treino, consegui incríveis SEIS VOLTAS. SEIS!!! Sou um atleta nato.

Seria uma pena se no crossfit pedissem pra gente pular CENTO E VINTE VEZES. Quem sabe um dia, né? (nunca)


Se você não me quis assim...


Não me procure quando eu estiver assim...


***

Uma coisa legal do crossfit é que ele é muito democrático. Serve pra todo mundo. Homem, mulher, idades variadas... A maior parte da minha turma não preenche os requisitos de modelos fitness. Que bom, gosto assim. Mais legal ainda é que o crossfit trabalha várias habilidades, tipo força, equilíbrio, velocidade etc, então é difícil alguém ser o melhorzão em tudo. Tem um cara lá que sempre termina antes de todo mundo. É forte, rápido, nunca perde o fôlego. Mas o bonito sabe pular corda? Também não sabe. A pessoa mais forte do grupo é uma menina mais nova do que eu. Ela aguenta pegar umas barras com pesos IMENSOS. A mais rápida também é uma mulher. Acho que ela é a mais velha da turma (!), mas disse que é ex-velocista e isso explica tudo. Amo gente.



***

A barra é outro problema. Vocês já devem ter reparado nas fotos minhas que posto por aí que meus braços não foram exatamente projetados para pegar peso. Teve um dia que o professor tava:

- Aí vocês levantem a barra cinco vezes, ok? Tem esse peso de 30 kg, mas vocês podem tentar com o de 10 kg também.

Vocês conseguiram levantar os 10 kg? Porque eu também não. O de 30 kg, eu nem tentei. Só de olhar pro trambolho já dava para ver que não ia prestar,

- Humn... Tenta naquela dali, Felipe.

Gente, professor me mandou pra uma barra que eu só posso descrever como uma barrinha de criança. Parecia infantil. Uns pesos minúsculos, as cores felizes. MAS OK, NÉ, vamos aceitar essa humilhação.

Também não consegui HAHAHAHAHAH

Nem depois que ele pediu para eu usar a barra SEM PESOS.

¯\_(ツ)_/¯

***

Eu comi o pão que o diabo amassou na última aula (só eu falo aula, todo mundo fala ~treino~). O último desafio era correr na rua, dando 3 voltas na academia. Estava todo mundo muito na minha frente. Eu começando a correr e a velocista deveria estar em casa já. ME ESQUECERAM NA RUA. Quando eu finalmente voltei pra dentro da academia, já estava todo mundo no alongamento final.

- Felipe!!! Esqueci que você estava lá fora ainda.

Nunca me senti tão ABANDONADO. Mas, bom, por ser difícil, também foi um dia de vitórias, em que fiz corda, barra, pesos, corri etc, sem nem reclamar (mentira). Daí, no alongamento final...

Câimbra. 

Era só esticar a perna e tocar com a mão a ponta dos pés e eu não aguentei. Fiquei EPA, há algo errado. Fui desfazendo a posição casualmente sem fazer alarde, mas a câimbra me possuiu e em 10 segundos eu tava no chão querendo arrancar minha perna. Risos.

- Felipe!!! Tá tudo bem?
- Câimbra na perna rsrsrsrs
- Deixa eu te ajudar
- NÃO, AFASTE-SE

Professor não me obedeceu, agarrou minha perna, levantou e esticou. A DOR, GENTE. E eu lá no chão, PLAH. Vocês acreditam que sei lá que bruxaria foi essa que ele fez que passou a câimbra? Só levou minha pouca dignidade restante embora.

Esse gif novamente me representando demais

***

Última semana minha no crossfit antes da Bravus Race e agora que a ficha está caindo. Gente, a Bravus Race. A BRAVUS RACE. Todo mundo que conhece a corrida e eu comento que vou reage com

VOCÊ??? 

Acho ofensivo, mas justo. Ativem aí suas correntes de orações ou seja lá o que garante boas vibrações na religião de vocês. Vamos ver no que vai dar.