segunda-feira, outubro 31, 2016

Gente, aquele professor. Ele jamais para, é tipo a Kimmy Schmidt. Eu estou de fato tendo que me virar para ter uma nota decente, isso é bem legal, mas cada sábado é girar uma roleta com as fatias "Situação desafiadora", "Riso histérico" e "Desgraçamento mental". A gente nunca sabe o que vai encontrar quando abrir a porta.

Ele tinha inventado aquela competição em que um aluno arranca elásticos do outro quando esse outro fala em português na aula, sendo o vencedor do jogo quem tiver mais elásticos no final do semestre. Gente, esse jogo ME POSSUIU. Eu sempre me vi como uma pessoa pouquíssimo competitiva, mas esse professor destruiu minha alma e me transformou num demônio roubador de elástico. Acho que criei guerra com todos os alunos da turma MUAHAHAHAHAH

- FELIPE, VOCÊ PRECISA PARAR
- EU OUVI VOCÊ FALANDO EM PORTUGUÊS
- EU FALEI NO OUVIDO DELA, COMO VOCÊ OUVIU???
- NÃO INTERESSA

Coisas desse naipe aí. A média da turma tava, tipo, 10 elásticos pra cada um. Eu estava com 21 HAHAHAHAHAH Meu lado maligno despertou tanto que chegou uma hora que eu mesmo coloquei a mãozinha na consciência e dei um basta. Desisti do jogo. Eu provavelmente ia ganhar, mas, gente, minha sanidade mental. Eu ficava agoniado na aula, estressado, irritado com quem não jogava justo. Você me dá uma regra e eu sigo que é uma beleza. Desisti mesmo. Caguei. Professor disse que vai colocar uma foto minha como PICTURE OF SHAME na formatura, mas não ligo. Eu sou acostumado a ser amado em todo lugar que eu vou, sou muito bestinha pra seguir pisando no pessoal. Mas que foi bom, foi.

***

Época de Halloween e todos sabemos que rola um siricutico na alma de quem trabalha nesses cursos de inglês, um fogo no coração, uma nova razão de viver, sei lá. Eles levam isso a sério (Esse post, inclusive, é um oferecimento meu para o deleite da Paula, que também trabalha numa escola de inglês e é entusiasta de Halloween). Daí que professor disse que TODO MUNDO tinha que se fantasiar e ai de quem viesse com roupa normal. Cara, assim, EU SÓ QUERO ME FORMAR. Sem condições de ir com fantasia nenhuma. POIS BEM. Daí que eu estava chegando no curso e recebi essa mensagem do professor no grupo da turma.

Oh, boy
Pra vocês verem que eu não tô inventando

Aí a roleta magicamente se transformou numa grande única opção chamada HUMILHAÇÃO PÚBLICA. Vou deixar aqui fotos exclusivas do meu terrível destino nas mãos desse ditador.


Isso supostamente é uma múmia

Eu ainda TEMI PELA MINHA VIDA quando tivemos que trocar de sala (ar-condicionado quebrou) e eu tive que andar em público DESSE JEITO. Aposto que ele que foi lá e quebrou o ar de propósito. Vocês não sabem como é difícil descer uma escada pulando de degrau em degrau para não rasgar uma ~fantasia~. Não sei como não saí rolando. Passamos pela secretaria, e as meninas que trabalham lá quando me viram:

- Gente, que isso?
- Aguardem o processinho.

Nunca fui tão aomilhado Hahahahah E olha que essa nem foi a primeira vez que me enrolo em papel higiênico, mas foi voluntário da primeira vez (não perguntem, o Orkut já levou embora meu passado).

Ok, eu me diverti UM POUCO sim, mas, caramba, gente.

Me salvem.

Posted on segunda-feira, outubro 31, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

sexta-feira, outubro 28, 2016



Apesar de ter muitos planos, eu ainda não fiz nada de GRANDE. Teve a doação de sangue, tem eu e minhas pessoas roubando oportunidades para falar mais de Jesus nos cultos (a que ponto chegamos), está tendo arrecadação de alimentos no bairro para montar cestas básicas para pessoas realmente necessitadas (conseguimos MAIS QUE O DOBRO do que a igreja conseguia antes). Coloquei também um quadro com vagas de emprego que eu mesmo encontro em jornais e um outro (eu amo quadros), que talvez seja minha ação favorita, que é o quadro de compartilhar, onde pessoas colocam o que precisam e quem puder ajudar ajuda.

Mas ainda sinto falta de algo GRANDE. Algo permanente, diário, que atraia mais pessoas para o evangelho de Jesus. Eu tenho ideias, mas não quero fazer nada de qualquer jeito ou que não possa terminar. Vamos acompanhar.

***

Tô tendo dificuldade em frequentar os cultos. Quer dizer, eu vou aos cultos, mas não é mais como antes. Sinto falta de ADORAR A DEUS daquele jeito, sabe? Tendo >>>MOMENTOS COM DEUS<<< e tal. Eu mal consigo cantar junto com o pessoal ou dar a mão para o fulano do lado e dizer coisas. Às vezes, me parece uma perda de tempo ficar mais de 2h numa cadeira produzindo absolutamente nada.

Eu me sinto vivo de verdade quando estou lendo a Bíblia ou compondo músicas, fechando cestas básicas, conseguindo nomes pra doação de sangue e indo buscar um móvel que alguém não quer mais pra uma outra pessoa que está precisando demais. Esses são os meus "adorar" favoritos.

Mas o culto faz parte, eu sei.

***

Definitivamente sinto falta de cantar e ministrar. Eu entendo quando as pessoas dizem que "Nós somos instrumentos do Senhor", porque Deus é um exímio tocador de Felipe. Eu sabia que não tinha capacidade espetacular alguma, mas era pegar num microfone e, BOOM, sucesso. Minha atitude muda, minha voz muda, eu falo coisas que nem planejei, eu viro uma pessoa 100% confiante. Parece mágica. Deus é demais. Sinto muita falta.

Já me chamaram para voltar para o ministério de louvor e tal, mas, apesar de querer demais, sei que isso significa: ensaios, reuniões sem fim, comprometimento eterno com cultos e mais cultos. O que também significa que não terei tempo pra nenhuma das outras coisas, nenhum dos outros projetos que eu PRECISO tocar. Porque ninguém mais vai fazer isso por mim.

***

Meu Pastor foi num congresso ou algo assim e sei lá o que houve lá, mas ele voltou ON FIRE. Ficou todo "O AVIVAMENTO COMEÇOU NESSA IGREJA HOJE. CHEGA DE MESMICE. EU QUERO UMA IGREJA AVIVADA. Vai ter evangelismo amanhã? ESTAREI LÁ. Vamos levantar essa parede do templo? CONTEM COMIGO. O AVIVAMENTO COMEÇOU". Todo mundo deu glória, aleluia, bateu palma, aquelas coisas que crentes fazem.

Achei fofinho e nem estou reclamando, melhor assim do que na inércia, mas minha vontade foi dizer: "Amigo, o avivamento já começou há séculos, você que tá subindo no bonde só agora. Mas seja bem-vindo".

***

Teve um congresso de jovens (essas pessoas adoram um congresso, meu deus) lá na igreja e tomei um susto quando vi que SUMIRAM com meu quadro de compartilhar para colocarem um banner gigante que só existe com o único intuito de: pessoas tirarem selfie nele. Juro pra vocês.

Depois achei meu quadro numa parede menos favorecida da igreja. Até gargalhei que trocaram o projetinho social por FUNDO PARA SELFIES. Amo crente. O avivamento começou é minha mão na cara de vocês.

Posted on sexta-feira, outubro 28, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

quinta-feira, outubro 27, 2016

Acho que a maior verdade sobre sexualidade e afins é que ninguém sabe de nada, mas quer acreditar que sabe. Eu apenas observo e me canso. A ciência até hoje não sabe explicar pra gente como a coisa toda funciona exatamente, de onde vem, pra onde vai, mas tem gente que jura que matou o X da questão. Sempre fui bom em matemática, mas ainda estou procurando o valor desse X.

Você já tentou conversar com alguém que confunde orientação sexual com identidade de gênero? Se quiser passar por esse desgraçamento mental, eu te convido a dar uma olhada na timeline do seu Facebook, mas não recomendo.

- MAS DEUS FEZ ELE HOMEM
- Ele é homem
- MAS BEIJA RAPAZES
- Ainda é homem
-



Também fico escangalhado quando surge de tempos em tempos um crente na internet querendo proteger as crianças de "virarem gays". Quer dizer, a arma mais amedrontadora da famigerada ditadura gayzista é o kit gay sendo liberado nas escolas. Povo pira legal. Mas talvez tão escangalhador quanto é a resistência que grita NINGUÉM VIRA GAY, NÓS NASCEMOS ASSIM, MAIS AMOR POR FAVOR.

Andam muito em pauta discussões sobre ideologia de gênero, surge gente dos bueiros com uma apresentação de slides para provar por A + B que tal comentário é transfóbico ou sei lá o quê. Sempre estranhei isso. Desde sempre criticam o feminismo radical por não agregar mulheres trans. Um dia eu fiquei curioso e fui pesquisar o motivo e era uma coisa que eu também me questionava. O feminismo parece querer quebrar as diferenças entre os gêneros enquanto a transexualidade caminha para reforçá-las. Achei coerente a decisão do movimento. Como assim você se identifica como mulher? Mulher é gênero, construção social. O que é ser mulher ou homem, afinal? Fica aí o suspense.

Como eu disse, a verdade é que ninguém sabe de nada, apenas aceitam o que funciona melhor para elas e tentam fazer valer para todo mundo, usando aquele tom. Todo mundo tem um pitaco e, para orientação sexual, por exemplo, galera acha que:

- todo mundo nasce hétero e o resto é desvio derivado de abuso, depressão, trauma, circunstâncias...
- é moda
- pode ser ensinada e aprendida
- pode ser tratada
- é coisa de gente curiosa
- é genética
- já nascemos do jeito que somos
- é fluida
- é escolha
- é coisa do satanás

E todo mundo tem CERTEZA do que diz e ai de quem não concordar. Mas prova e comprovação da ciência não tem.

¯\_(ツ)_/¯

Então é tipo um jogo em que todos querem vencer, mas cada um inventou as próprias regras. Não sei como funciona (não funciona). Acho que a gente só vai sossegar o facho quando descobrirem o gene gay ou que o número de vezes que um bebê mama no décimo quarto dia de vida é quem dita a bagaça toda ou quando Jesus voltar anunciando CALA A BOCA TODO MUNDO QUE EU VOU EXPLICAR. Ou tudo junto. Não seria surpresa alguma se o X da questão tivesse um valor diferente em cada caso e que toda experiência individual conta e que o ser humano é uma bagunça mesmo.

Eu entendo gente que fica na defensiva, gente que se sente ofendida, gente que tem medo, gente que sofre. Não entendo gente que violenta e agride. Eu só queria que todo mundo concordasse que não é uma questão simples de resolver. Pode até ser de múltipla escolha, mas são muitas alternativas. Alguém pode me passar cola?

Posted on quinta-feira, outubro 27, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

segunda-feira, outubro 24, 2016

Eu não entendo por que as pessoas gostam tanto de sexo. Não sei por que elas beijam na boca também, se elas podem simplesmente NÃO BEIJAR. Lembro de ter perguntando no Twitter um dia "Por que sexo é tão importante?" e alguém me disse "Porque o mundo é movido a sexo" (ou algo assim). Vai ver é por isso que eu me sinto tão facilmente deslocado em certos ambientes, como se todo mundo risse de uma piada que não entendi.

Certa vez em 2014 apareceu um texto pela vontade de Deus super aleatório no Conversa Cult, que me atropelou e quebrou todinho. Mas afinal, o que significa Gray-A? Você sabe? Porque eu também nunca tinha ouvido falar disso. O texto trata de um universo que até aquele momento eu não tinha noção da existência. Assexuais, demissexuais, AVEN, falta de atração sexual constante... Eu comecei o texto com um grande "Ué" na mente e terminei com um "Minha vida todinha". Mais uma vez aquele É EXATAMENTE ISSO O QUE EU SINTO.

Uma pessoa assexual simplesmente não tem interesse em sexo não sente atração sexual. Não existe uma vontade ou necessidade que leve a pessoa até os finalmentes com alguém só por conta disso. O assexual pode fazer sexo por prazer, por dinheiro, por obrigação, por querer agradar alguém, etc, mas não por atração. Alguns sentem até aversão a sexo. Há casos especiais e claro que num grupo de pessoas há muitas experiências diferentes, mas o básico é isso aí mesmo.

Eu sou do time que acredita que rótulos não estão aí para nos prender, mas para libertar. Apesar disso, eu também sou o rei da dúvida e vivo me questionando o tempo todo, isso até gera umas crises às vezes, mas não posso negar o fato de que eu muito provavelmente sou assexual. Quer dizer, eu me identifico como assexual.

 As cores que representam a assexualidade

Veja bem, no presente momento, eu tenho 25 anos e nunca beijei na boca. Tô pior que a Drew Barrymore naquele filme. Preciso nem explicar que sou virgem em todos os outros sentidos, né? Eu já me apaixonei por uma pessoa aqui e outra ali, mas nunca gostei de ninguém desse jeito. Não vejo previsão de mudança nesse quadro.

***

Ah, Felipe, é que você ainda é novo e não teve oportunidades.

Gente, eu disse VINTE CINCO ANOS. E que ofensa eu já tive oportunidades, sim. Por incrível que pareça (eu também me surpreendo Hahahah), sempre tem uma pessoa apaixonada e/ou querendo meu corpo nu por aí. E isso vale para mulheres e homens. Tanta proposta algumas indecentes que já recebi e tive que dizer não... Eu sou aquele crush que ignora vocês.

Ah, mas você é crente, né?

Não tem nada a ver com igreja. Pessoas na igreja gostam e querem fazer sexo. Inclusive, elas fazem muito sexo. Acho que 80% dos casais crentes só casam para poderem fazer sexo com a benção do menino Jesus ou porque já tem um bebê vindo por aí.

É porque você é tímido, Felipe!

Até já considerei. Mas, gente, não é vergonha que me faz não querer lamber uma pessoa toda. Eu simplesmente não quero. Vergonha eu tenho é de dançar em público ou cantar num karaokê. São coisas que eu QUERO fazer, mas fico tímido perto de outras pessoas. É um bloqueio que eu sei que posso superar. Mas, quando eu olho para a minha sexualidade, ela parece ser: silêncio no hay banda.

Ah, mas é porque você ainda não fez. Depois que fizer, você vai gostar e querer sempre.

Assim, nem digo que dessa água jamais beberei, eu acredito que as pessoas mudam e quase tudo na vida pode ser um gosto adquirido, mas, gente, VINTE CINCO ANOS. Eu acho que não existe timidez, medo, falta de oportunidade ou qualquer outra coisa que separe um jovem de vinte cinco anos da vontade de ir pra cama com outras pessoas. Eu entendo completamente pessoas virgens com essa idade (não tem nada demais, aliás), mas a essa altura do campeonato eu imagino que já deveria estar subindo pelas paredes, matando cachorro a grito, "abrasado" como dizem na igreja (amo crente), me esfregando nos postes, no cio, etc. Quer dizer, se eu quisesse fazer sexo AGORA, capaz de eu conseguir sem nem procurar muito. Povo faz milagres no Tinder. Mas eu não quero.

Mas você pensa em um dia namorar com alguém, casar, ter uma família?

Sim! Como eu disse, eu tenho paixonites como todo mundo tem, sou igual aos outros no quesito afetividade. Só não sei como fazer essa coisa toda funcionar.

Você gosta de homem ou de mulher, afinal?

Eu sei que para alguns assexuais é fácil dar essa resposta, mas não sou um desses. É tão estranho você dizer que sente atração por uma pessoa se não quer que ela sente na sua cara! Não sei mesmo responder. O meu inconsciente flerta com todo mundo. Eu acho gente de todo tipo bonita, se é que isso serve como resposta.

***

Eu decidi abrir essa porta da minha vida porque, sei lá, acho que já estava na hora. Aliás, motivo nenhum para esconder essa nuance da minha personalidade que diz tanto sobre mim. Também foi oportuno porque do dia 23 ao dia 30 de outubro acontece a Semana da Visibilidade Assexual. Quis fazer minha parte. Do mesmo jeito que aquele post do ConversaCult MUDOU MINHA VIDA, vai que esse muda a de alguém também.

Espero que vocês não estejam muito chocados. Talvez estejam "Aaaahhhh, isso explica tudo". Agora que já contei, posso escrever mais sobre isso e acho que vai ser legal pra todo mundo. Eu tô longe de ser um especialista no assunto, sou mais confusão que certeza, mas, se você quiser conversar sobre isso, tá aí a caixa de comentários e você sempre pode me mandar um e-mail pelo formulário de contato. O ConversaCult também está sendo maravilhoso e postando o mês inteirinho sobre o tema, você pode acompanhar aqui.

***

 Ei!

1) Se você também é assexual e se identificou, me ajuda compartilhando o texto?
2) Se você não é assexual e quer contribuir com a Semana da Visibilidade Assexual, compartilha também! Visibilidade importa.
3) Se eu fui seu crush em algum momento da vida e te ignorei, DESCULPA (e não vou reclamar se você compartilhar o texto nas redes sociais)

Obrigado!

Posted on segunda-feira, outubro 24, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

quinta-feira, outubro 20, 2016

Este texto tem alguns spoilers do final da 12ª temporada de Grey's Anatomy. Desculpa.

Daí que eu tava vendo o casamento da Amelia com o Owen e, claro, a situação toda estava sendo um desastre, porque ninguém simplesmente casa feliz em Grey's Anatomy. Só acontece depois de muito drama. A Amelia estava nervosa desde o começo do episódio, a família dela não apoiava o casamento, então tínhamos uma noiva triste e cheia de dúvidas. Convenhamos que a Amelia sempre faz a surtada do seriado, mas nesse dia ela estava MAIS surtada, daquele jeito que só ela fica, tipo um robô com defeito.

Tentando dar um apoio, lá estava a cirurgiã cardiovascular Maggie do Piercing agoniada com a tristeza da irmã e foi ali que eu vi que somos almas gêmeas. Porque a Maggie diz coisas do tipo:






UM DIA DE MÁGICA E DE AMOR.

Isso faz a Amelia ficar ainda mais doida e correr pra Meredith.





 HAHAHAHAHAHAHAH

Ou seja, o espírito animal da Maggie é aquele cachorro do This is fine.



Eu queria ser prático como a Meredith, que diz "Ok, o que você quer fazer? Eu te ajudo. Você quer fugir daqui? Eu dirijo. Quer casar? Eu te arrumo. Quer pensar por mais tempo? Eu mando todo mundo esperar. Só me diga o que você quer". Mas a verdade é que eu ficaria que nem a Maggie, "MAS HOJE É SEU DIA DE SER FELIZ! VOCÊS POSSUEM UM LAÇO DE AMOR ABENÇOADO POR DEUS, CASEM! VAMOS FAZER A MÁGICA ACONTECER!". Eu sou desses que acredita que todo problema pode ser resolvido na base da conversa. E falo "Gente, claro que não, fulano jamais faria essa coisa horrível de propósito" e fulano vai lá e faz de propósito. Eu confio nas pessoas como se não houvesse amanhã. Eu acredito em BEM MAIOR, que a vida é justa, que todo mundo tem e merece um final feliz e fico desgraçado da cabeça quando o destino me contraria. Mas depois eu esqueço e tô lá acreditando em esperança, paz mundial e na volta da Yang pro hospital.

Não tem cura, eu acho, e a Amelia tá aí de prova do quanto pode ser irritante, mas, gente, tão legal quando o universo colabora! E quando você diz "É claro que você vai conseguir" e a pessoa vai lá e consegue! Quando o amor supera mesmo todas as barreiras, a gentileza gera mesmo gentileza e quando Deus realmente ajuda quem cedo madruga, NÃO TEM PREÇO ser Maggie Pierce. A recompensa tá toda aí. Fica parecendo que está tudo no lugar certo e que todas as derrotas passadas foram apenas necessárias para essa vitória.

Não digo que é um jeito melhor ou pior de levar a vida, só sei que funciona pra mim. Vou falar uma cafonice enorme aqui, mas acho que esse é meu jeito de tocar o coração das pessoas já que não posso fazer milagres na sala de operação como ela faz. Acho que todo mundo deveria experimentar um dia de Maggie Pierce na vida.

Agora deixa eu ir ali oferecer marshmallow pra fogueira das pessoas. VAI FICAR TUDO BEM, sério.

Posted on quinta-feira, outubro 20, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

quarta-feira, outubro 19, 2016


Tenho um casaco com um furo nas costas e consciência desse furo há meses. Dou alguma importância? Talvez, mas tão confortável o casaco. Acho que não é costurável, mas estou procrastinando a beça para descobrir. E é um furo pequeno, gente.

Daí que eu estava na Firma, galera ama um ar-condicionado geladão, fui vestir o casaco e:

- FELIPE!!!
- Quê?
- SEU CASACO.
- Que foi?
- Cara, MÁS NOTÍCIAS. Seu casaco furou! Já era!

Até dei uma olhada para ver se era outro furo, mas era o já familiar mesmo.

- Ah... Esse furo...
- Que pena, cara. Pior que vai ser difícil achar casaco pra comprar nesse calorão de agora.

Achei ofensivo o tom de quem tá me mandando jogar o casaco no lixo, mas agora tô pensando que talvez eu esteja circulando por aí com um furo não tão pequeno assim. Da Kim Kardashian parecendo que foi baleada ninguém reclama, né.

Posted on quarta-feira, outubro 19, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

terça-feira, outubro 18, 2016

Vocês não vão entender se eu simplesmente contar os fatos, então eu preciso entrar num contexto muito particular: Eu já fui muito fã da Aline Barros. Ela continua sendo uma cantora excelente, mas, hoje em dia, ainda mais depois da Aline Barros Monarquista (risos eternos), o encanto se foi e eu descobri que minhas ideias batem muito mais com artistas do naipe da Nívea. Mas eu era muito fã. Tão fã que tinha TODOS os cds e dvds, mesmo as trocentas coletâneas que as gravadoras lançavam pra ganhar dinheiro com música velha, tão fã que ia aos shows, tão fã que até hoje as pessoas pensam que eu ainda sou fã de tanto que eu gostava no passado.



Então você entende que eu era fascinado pelos backing vocals dela, Janeh e Fael Magalhães. Eles estavam sempre ali atrás! Nas músicas, nas fotos, nos dvds, nos shows. Eles sempre foram gente boa, divertidos, faziam toda a diferença nas apresentações. Não era aquele tipo de back que fica parado com um microfone. Você olhava para o palco e, junto com a Aline, eles estavam dançando, pulando, fazendo coreografias hilárias e animando a galera.

Estou séculos sem notícias dos dois, nem sei o que andam fazendo a vida, se estão com a AB ainda, porém recebi uma mensagem E TUDO VOLTOU. Vocês lembram que no começo do ano eu consegui um contrato para uma das minhas composições? Então. Daí que o cd está quase ficando pronto. Me mandaram um vídeo com parte da produção da minha música, o produtor colocando o back na faixa e eu quase morri quando vi Janeh e Fael Magalhães CANTANDO A MINHA MÚSICA.

AQUELAS PESSOAS FAMOSAS ESTÃO CANTANDO A MINHA MÚSICA.

EU CONHEÇO OS DOIS.

EU NÃO TÔ ACREDITANDO.

É UM SONHO???

Não tenho como mostrar o vídeo para vocês, infelizmente, mas, acreditem, são eles. Cara, que doido. Lá, naquele meu primeiro show da AB, eu JAMAIS imaginaria que um dia aquelas duas pessoas no palco estariam trabalhando numa música que eu escrevi. Aquela teoria de que existem no máximo 6 graus entre você e qualquer pessoa no mundo é real, visto que agora existe um caminho de apenas TRÊS graus entre mim e AB. Quem diria. Qualquer dia desses, eu vou estar lá na casa dela rindo e tomando chá, dizendo "Ai, ai, você acredita que até aquelas coletâneas que NINGUÉM queria eu comprava? Hahahah Bons tempos".

Eu tô no céu. A vida é boa demais.

***

Se você gosta de gente correndo atrás dos próprios sonhos, sabe do que você também pode gostar? Isso mesmo, de Não Sei Lidar com Gênios que tá lá no Wattpad esperando para ser lido :)

Posted on terça-feira, outubro 18, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

quinta-feira, outubro 06, 2016

Fui no dermatologista pra ver como lidar com um caroço esteticamente desagradável na minha face e tive que encarar o ultrassom. Não dói, não me incomoda nem nada, mas fica crescendo e diminuindo de tamanho e, sei lá, se eu fosse um paciente em Grey's Anatomy, com certeza seria um tumor degenerativo ou um bebê alien habitando em mim. Melhor ver do que se trata, né?

O médico passou o gel na minha cara, passou a ~máquina~ e tal, mas ficou na dúvida sobre como descrever no resultado o local do cisto. Fica naquele lugar, sabe? Do lado do olho direito, mas sem ser na têmpora, é mais pra baixo, mas não tão abaixo... Eu lá deitado na cama e o cara falando.

- Humn... Eu poderia dizer que fica na região frontal, mas pode ser considerado parte da têmpora também.
- ...
- Porque, você sabe, né, aqui é o lobo temporal e tal.
- q
- Posso dizer peri-orbital também, mas, nossa, difícil.
- ...
- O que fazer?


Moço, é o seu trabalho saber isso, por que você tá me perguntando?

- Você não pode só dizer "do lado do olho"?
- HAHAHAHAHAH Claro que não.


Porque peri-orbital é muito mais fácil de entender, né? Povo gosta de complicar.

- Então inventa um nome pra esse lugar.
- Hahahahahah Não é assim que funciona.
- Depois você publica um artigo sobre.
- Vou pensar nisso. Mas agora vamos ficar com peri-orbital mesmo.


Agora eu posso escolher fazer uma cirurgia para retirar o cisto benigno ou não. Tô meio assim, sei lá, não gosto de gente bagunçando minha peri-orbital.

Posted on quinta-feira, outubro 06, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***

segunda-feira, outubro 03, 2016

Nem só de textão se alimenta o Facebook, já que um dia desses vi fotos meio chocantes de uma amiga minha. Lá estava eu vendo a galera postando oração pra, se pá, Deus dar uma lida, quando essa amiga apareceu fazendo COISAS. Sim, isso mesmo, ela estava numa CORRIDA DE OBSTÁCULOS.


Foi assim que eu descobri a existência da Bravus Race e desejo ardentemente participar desde então. É claro que eu tenho 0 condicionamento físico e provavelmente será um atentado contra minha vida, mas, se não fosse assim, não seria cilada do bem. Eu vou na teimosia mesmo, meu jeitinho.

O site diz que "A Bravus Race é a mais desafiadora corrida de obstáculos do país, ela é projetada para ser uma experiência única na sua vida. Você terá que superar e redefinir seus limites a todo momento. Porque, a cada etapa criaremos novas metas físicas e mentais, para provar para si mesmo do que é capaz". OU SEJA, a Bravus é o que eu inventaria se fosse uma pessoa muito rica e com tempo livre. São os Jogos Vorazes em que (assim espero, né) ninguém morre. É o mais perto que chegarei de participar de Survivor, então não posso perder a oportunidade.

Gente, o site oficial é uma coisa. É cafona, é engajaDisney, é topzera e tudo que eu sempre sonhei. Eu tô até procurando uma caixa de comentários para sugerir novos desafios. A mão de criar ciladas do bem chega a tremer. A corrida é justamente isso, uma corrida. Você tem que correr. Até tem uma galera que disputa como se não houvesse amanhã, mas meu foco está em passar pelos desafios. É mais trabalho em equipe e, na minha cabeça, um gerador infinito daquela sensação de cumplicidade que só quem passa pelos perrengues juntos consegue ter. Tô me perguntando se é sonho ou realidade lendo as descrições dos obstáculos e vendo as fotos. Tem muita lama, coisas para escalar, mais lama, água, desafios de força, se pendurar, fogo, lama e, literalmente, uma montanha de lama. Algo me diz que sairei UM LIXO de lá. Eu gargalho toda vez que entro nesse site, tudo é fascinante, mas aqui vai um top 5 MOMENTOS..... que acho que terei.



KING KONG


"São 10 metros de obstáculo que você supera por cima, como um macaco, ou por baixo, como um porco na lama. Você devia ter brincado mais disso na infância Devia mesmo."

As descrições oficiais HAHAHAHAHAH Ainda no dilema de ir por cima ou por baixo, porque todo mundo sabe que vou cair.



SIBÉRIA


"Se o frio é psicológico, então recomendamos que esteja com o seu psicológico MUITO preparado. Não será nada fácil mergulhar em uma piscina lotada de gelo. Não pense duas vezes: entre e saia rápido. Quanto mais tempo você ficar dentro dela, mais frio vai sentir."

Essa gente é doida, não há dúvidas. Ainda bem que já tenho experiência com piscinas congeladas naipe aquela que Jack encara no fim de Titanic.





SERRA PELADA 


"Todos os participantes devem tirar a roupa e E qual é o Bravus que não quer lama no seu caminho? Nesse desafio, você encontrará montes de lama para serem escalados MAS QUE BOSTA É ESSA. Um obstáculo que é praticamente impossível superar sozinho. Faça boas amizades – pois precisará delas."

Dispensa comentários, gente.





A FUGA


"A experiência é assustadora Valeu por contar. Ataques de claustrofobia e hidrofobia não são permitidos. Erga a cabeça, agarre nas grades, seja ágil e atravesse o percurso sem se afogar"

Quero ver quem vai me impedir de ter um ataque de claustrofobia nesse troço.

Mas, talvez, o maior desafio seja esse de ser carregado (porque eu duvido que consigo carregar um ser vivo mais pesado que eu) por um desconhecido. Eu detesto gente PEGANDO EM MIM, então já inicio aqui as orações fervorosas ao menino Jesus pra não ter esse desafio na minha corrida.




O RESGATE


"A Bravus preza pela amizade e prima pelo trabalho em equipe. Mas também gostamos de criar surpresas seus malditos. Nesse caso, seu amigo se tornará um obstáculo desconfortável para você. Espere e verá."

Eu poderia pensar em mil outras formas de prezar pela amizade ao invés de transformar o amigo num obstáculo a ser vencido, mas quem sou eu, né.

***

É barato pra participar? Não é barato pra participar. O ingresso tá custando quase 190 reais o primeiro lote, mas EU QUERO TANTO que não estou pensando muito a respeito. É em novembro, até lá a gente vai deixando de comer dando nosso jeito. Essa de agora vai ser no Rio de Janeiro, obviamente, mas a Bravus já passou por São Paulo, Belo Horizonte, Brasília entre outras cidades. Esse ano ainda vai ter em São Paulo de novo (em dezembro).

Gente, VEM COMIGO. Aceito companhia, orações, pensamento positivo, dinheiro, lista de como entrar em forma em 30 dias e comentários de vocês dizendo VOCÊ SÓ INVENTA, FELIPE. É o que minha mãe vai dizer quando eu contar para ela.


PS: Todas as imagens desse post foram retiradas do site oficial. É tudo doido assim mesmo. Acreditem.

Posted on segunda-feira, outubro 03, 2016 by Felipe Fagundes

No comments

***
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...