Pra não correr o risco de prometer demais e não cumprir nada, eu coloquei apenas 2 itens nas minhas resoluções de ano novo pra 2015: 1) Fazer coisas e 2) Viver pessoas. Tá lá o primeiro post do ano pra provar. Eu queria dizer mais SIM, queria correr atrás de experiências novas, queria me abrir mais para as pessoas, torcendo para que, no final do ano, eu ainda mantivesse minha integridade física, a sanidade mental e olhasse para tudo com orgulho e admiração.

Daí vocês ficaram NOSSA, QUE LEGAL e eu me animei com a minha lista de experiências a serem vividas e, hoje, venho neste humilde blog mostrar o resultado. Em poucas palavras, gente, 2015 FOI O MELHOR ANO DA MINHA VIDA!

 Party haaaaaaaaard!

VAMOS AOS FATOS (E às fotos!)

E, para não ficar aquela sensação de Ah, é muito fácil quando a pessoa é rica, eu, jovem adulto da classe C no Rio de Janeiro, vou deixar os valores aproximados que eu gastei para fazer essas coisas (apesar de que algumas, realmente, são uma facada que você precisa decidir que quer mesmo tomar). Para a maioria das coisas, porém, não é tão complicado assim de encaixar em um mês.

***

1) PRAIA! (Em média, R$ 30 por vez) O ano mal tinha começado e eu entrei numa vibe Sou Praieiro, Sou Guerreiro, Tô solteiro que nunca tinha me acometido antes. Gente, juro, é capaz de eu ter ido 0 vezes à praia em 2014. Eu nem tinha uma sunga, agora eu tenho DUAS. O verão veio arrasador e, não sei o que me deu, fui o primeiro a puxar o coro de VAMOS PRA PRAIA! Eu sabia chegar em alguma praia? Não sabia, mas logo dei meu jeito de me colocar nas mãos dos amigos ratos de praia e fechar 2015 indo à praias nunca antes pisadas por mim OITO VEZES.

Eu comprei uma canga! Eu andei no Banana Boat (esse trem amarelo aí da foto)! Eu finalizei um tubo de protetor solar! Mesmo morrendo de vergonha, eu usei sungas vezes o suficiente para começar a achar normal e postar foto no Facebook!

Ontem teve ☼
Posted by Felipe Fagundes on Domingo, 20 de dezembro de 2015
4 pessoas visualizaram seu perfil.
Posted by Felipe Fagundes on Quarta, 21 de janeiro de 2015
A melhor coisa de sair com gente viciada em tirar foto é que você apenas observa enquanto vira alvo dos paparazzi.
Posted by Felipe Fagundes on Quarta, 21 de janeiro de 2015


2) CACHOEIRA! (Em média, R$ 30 por vez) Eu também descobri o meu atual Lugar Favorito No Mundo, que é uma cachoeira onde você simplesmente precisa QUERER MUITO chegar até lá para ter forças e realmente chegar.

Não me canso desses lugares que deixam evidente que somos só um ponto no universo.
Posted by Felipe Fagundes on Quinta, 15 de janeiro de 2015


3) MUSEU DAS TELECOMUNICAÇÕES! (de graça) Eu descobri esse museu no Rio de Janeiro pesquisando por "museus legais" no Google. Confesso que tenho certa preguiça de museus, porque, neles, a gente geralmente apenas VÊ coisas, e eu prefiro interagir com elas. Todo modernoso, esse museu simplesmente faz de tudo pra tentar agradar a gente. Com vídeos que você pode optar por assistir, um monte de telefones bonitões, sensores de movimento e uma cara futurista, eu me apaixonei por ele. TALVEZ, não seja muito legal para quem realmente gosta de museus, risos, mas eu achei fascinante. Mais para o fim do ano teve uma exposição de games, e eu brinquei com UM ÓCULOS DE REALIDADE VIRTUAL! Surreal. Sempre tem uma exposição meio maluca por lá.

Em vermelho, diz "Eu em 2015". Visitando um museu por iniciativa própria, quem diria.
Posted by Felipe Fagundes on Sábado, 17 de janeiro de 2015
Gosto de telefones assim: quietos, parados, respeitando a gente. São até bonitos esses.
Posted by Felipe Fagundes on Sábado, 17 de janeiro de 2015


4) TEATRO! (menos de R$ 20) Musical! (R$ 91, a inteira) Eu tinha ido ao teatro apenas 1 vez quando criança, já nem lembrava mais como era. Coloquei na lista e, VRÁ, cumpri. Gente, sites de compras coletiva e cupons de desconto são nossos melhores amigos quando o assunto é teatro. VÁRIOS ingressos de peças legais saindo por menos de 20 reais. Foi um dos melhores investimentos. O musical já foi uma extravagância, depois da Ju ter dito que eu PRECISAVA assistir. E, olha, não me arrependi, mesmo com o micão envolvendo o Ícaro Silva Hahahahahah Na verdade, até valorizou mais a experiência, é uma das minhas melhores histórias!

Eu super com medo de ficar do lado do ator. "Roberta, deixa eu ficar na ponta, POR FAVOR". Não sei lidar com gente que ganha a vida sendo engraçada. #MeuNomeEReginaldson
Posted by Felipe Fagundes on Sábado, 24 de janeiro de 2015


5) PASSEIOS! Biblioteca Nacional! (Talvez de graça? Não foi mais de R$10) Confeitaria Colombo! (É careira, mas gastei menos de R$ 30 reais?). São dois lugares bem ali no Centro do Rio, todo mundo comenta, todo mundo já foi e eu pensei: Por que não? Forte de Copacabana! (menos de R$10, eu acho)

Eu quis tirar essa foto porque tinham uns postes de luz muito simpáticos nesse lugar, mas que foram completamente ignorados pelo fotógrafo. De qualquer forma, valeu.
Posted by Felipe Fagundes on Sábado, 31 de janeiro de 2015
Ninguém pode me julgar por tirar foto no espelho da confeitaria. Tinha uma moça usando pau de selfie.
Posted by Felipe Fagundes on Segunda, 26 de janeiro de 2015


6) TRILHA! (R$ 25) Outra coisa na qual o Peixe Urbano pode ser seu melhor amigo. Várias trilhas, pra todos os gostos, de leves a pesadas. Eu nunca tinha feito uma trilha, dessas com guia e tal. Gente, uma delícia! Tem horas que você fica MEU DEUS, POR QUE ESTOU AQUI?, mas é excelente para arrastar os amigos do Ensino Médio, pôr todas as fofocas conversas em dia e ser feliz :D

Nunca que a gente ia adivinhar que, exatamente 10 anos depois de nos conhecermos, iríamos estar sobre uma ponte num lugar sem wi-fi.
Posted by Felipe Fagundes on Domingo, 1 de março de 2015


7) BICICLETAS DO ITAÚ! (R$ 5) Uma delícia essas bicicletas espalhadas pelo Rio de Janeiro. Você pode alugar uma delas e pedalar por toda a orla do Rio se tiver fôlego pra isso. Recomendo a todos, tanto que fui duas vezes, uma com a Lizzie e outra com a Cíntia.

E essa é a única foto (pessoas tímidas, relevem) de um passeio na ciclovia que vai da Cinelândia até Copacabana....
Posted by Felipe Fagundes on Segunda, 2 de fevereiro de 2015


8) MÚSICAS! (Mil dilmas) Ok, uma mega extravagância, mas, gente, eu PRECISAVA colocar essas músicas pra fora. E o processo todo foi tão legal! Durou o ano inteiro, cheio de altos e baixos, mas a mágica sempre acontecendo na minha cara. Divertido demais ensaiar, ver a voz ser gravada, ver os arranjos encaixando lindamente na coisa toda e agora ter 10 arquivos mp3 que vieram exclusivamente da minha caixola!

9) PATINAR NO GELO! (Dá pra encontrar por menos de R$20 nos cupons de desconto) Apenas aconteceu.

Esse equilíbrio na foto? Tudo fachada. Mas é na ousadia que se patina mesmo. A gente finge que sabe o que está fazendo e que não tem medo de cair e SIMPLESMENTE VAI.
Posted by Felipe Fagundes on Domingo, 24 de maio de 2015


10) NATAÇÃO! (R$ 90 por mês) Eu coloquei "Aprender a nadar" na minha lista e, PAH, me vi entrando numa piscina e encarando todos os meus medos. Eu falei bastante disso no blog, rolaram uns causos e a coisa toda foi maravilhosa. AINDA não aprendi a nadar, mas desse ano não passa!

11) TRABALHO VOLUNTÁRIO! (de graça) Eu comecei a dar meus passinhos de formiga dentro da Viva Rio, uma instituição incrível que atua em diversas áreas. Apesar de alguns percalços no caminho e coisas que eu acredito que possam melhorar, a experiência foi bastante positiva. Gente, é tão bom se unir com pessoas que tentam mudar o mundo um pouquinho ao redor! Continuo procurando outras oportunidades de trabalhar como voluntário, aceito indicações!

12) BIENAL! (Menos de R$ 30 reais?) EU ANDEI COM O PESSOAL DO CONVERSA CULT NA BIENAL, APENAS ISSO!!! QUE GENTE LINDA!

Foto de Bienal!!! Agora que não estou mais morta e com WiFi dá pra postar algo xD #bienalrio #bienaldolivro
Posted by ConversaCult on Segunda, 14 de setembro de 2015


13) ESCREVI UM LIVRO! E tentei publicar (R$300). Ainda não aconteceu, mas, nossa, legal demais correr atrás dos seus próprios sonhos.

14) CAMPINAS! (menos de R$300) Show da Nívea! Hostel! Viagem de carro! Acho que, de longe, foi meu maior Vamos Nos Permitir de 2015, vocês podem conferir detalhes aqui e aqui.


Era difícil acreditar que eu realmente estava lá!
Posted by Felipe Fagundes on Domingo, 22 de novembro de 2015


15) ARVORISMO! Tirolesa! (R$ 20 reais) Eu voltando para o Arvorismo mais uma vez!




16) RASPAR A CABEÇA! (menos de R$20, risos) AINDA não tive a coragem de passar a máquina zero, mas estamos quase lá.


Tirei pra lavar :) Por que eu quero raspar a cabeça:...
Posted by Felipe Fagundes on Terça, 15 de setembro de 2015


17) TAMBÉM ACONTECEU! Eu fiz meu primeiro arroz, cortei coisas tóxicas da minha vida, li o LIVRO INCRÍVEL DA AMANDA PALMER e me apaixonei perdidamente por Alma Sobrevivente, achei uma bomba no metrô, flertei muito involuntariamente, fiz acontecer o projeto mais legal que já organizei em toda minha vida (sério!!!) e apareci na caixa de entrada de muita gente! Também postei muita cafonice e fiquei obcecado em descobrir as raízes do ódio e como derrubar esse sentimento tão destrutivo.

***

UFA! Eu lembro que uma das coisas que me fez querer mudar de atitude, de gente que é convidada para gente que convida, foi ver minha retrospectiva automática no Facebook em 2014 e perceber que não tinha quase nada. Quer dizer, nada que fosse causado por mim. A mudança é ridiculamente visível. Eu POSSO ser a pessoa que agita as coisas, se eu quiser. Eu matei metade da minha lista (porém, ela só aumenta, risos), conheci um monte de lugares, envolvi um monte de pessoas e fiz novos amigos. Esse tempo junto aproxima as pessoas! Eu nem postei os tantos almoços que rolaram, as pizzas, os encontrinhos e todos esses pequenos momentos que deixam a vida com uma carinha mais especial. Eu acho que gente é essencial. Fazer Coisas é legal? É. A lista é legal? Muito. Mas eu acho que o melhor de tudo é Viver Pessoas. Se abrir para encontrar novas e se aprofundar mais nas que você já conhece.

2015 foi uma delícia. Parece que eu vivi uma dúzia de vidas diferentes. Eu riria na cara de alguém que me dissesse em 2014 que eu viveria isso aí tudo. Dito isso, caso alguém ainda esteja se perguntando, vale MUITO A PENA ser um "fazedor", ser mais vulnerável com as pessoas, correr atrás do que realmente quer e ter uma lista a tiracolo pra, vez ou outra, fazer uma coisa maluca e sentir mais forte como é estar vivo :)