Acho que a vida me ensinou a identificar uma Pessoa Não Mas e a lidar com ela da melhor forma. Pense aí nuns anos de experiência. Você sabe do que eu estou falando. Talvez você seja uma Pessoa Não Mas, e eu estou muito triste por você, mas, caso não seja, você certamente é parente, amigo ou conhecido de uma. É bem provável que você só saiba que aquela pessoa te irrita, mas você não sabe o motivo. Eu vou te dizer: Ela é uma Pessoa Não Mas.


A Pessoa Não Mas nunca erra. Quer dizer, ela nunca admite que errou, mesmo o universo inteiro apontando que ela fez uma cagada imensa. Podem encontrar um desafeto DELA enterrado no quintal DELA com todas as impressões digitais DELA e um vídeo com o momento exato do assassinato que mostra ELA esfaqueando a outra pessoa, mas a Pessoa Não Mas vai ter uma explicação para dar. A Pessoa Não Mas está sempre na defensiva. Não ficou claro ainda? Acompanhe o diálogo fictício, mas que todo dia acontece com quem convive com uma Pessoa Não Mas:

- Fulano, você escreveu a data de hoje errada.
- Não, tá certa.
- Tá não, você escreveu a data de ontem.
- Não, mas era pra escrever a data de ontem.
- Era a de hoje mesmo.
- Não, mas me disseram que era a de ontem.
- Ninguém disse isso.
- Não, mas acho que na hora que eu escrevi era ontem ainda.
- Você acabou de escrever.
- Não, mas me ensinaram assim.
- TÁ ERRADO.
- Não, mas se você quiser pôr a data de hoje...

Percebam como uma Pessoa Não Mas é irritante. Não se entra num debate com uma Pessoa Não Mas, porque elas nunca vão mudar de ideia. Você pode provar que está certo, mas ela nunca vai dar o braço a torcer. Até quando ela se toca do erro e passa a concordar com o que você diz, ela dá um jeito de se livrar. Chega a dar mais nervoso ainda quando:

- É claro que o céu é verde com bolinhas roxas.
- Pessoa Não Mas, o céu é azul, tá doida? Olha ali, aquela cor é azul. E nem tem bolinha nenhuma.
- Então, foi o que eu disse.
- Você disse verde com roxo.
- Não, mas eu dei a entender que estava falando de azul mesmo.
- Verde. Com. Roxo.
- Não, mas você que entendeu isso. Eu disse que era azul mesmo.

O mais triste é que, de alguma forma, essas pessoas estão em todo canto. É só olhar essas empresas que fazem campanhas cagadíssimas, daí os consumidores reclamam e elas se "desculpam" argumentando que as pessoas (todas) entenderam errado, que aquilo não bate com os valores da empresa, que é uma pena que alguns (todos) tenham se sentido ofendidos... Certamente, tem uma Pessoa Não Mas por trás dessas respostas.

***

Como lidar com uma Pessoa Não Mas:


- É claro que o céu é verde com bolinhas roxas.
- Pessoa Não Mas, o céu é azul, tá doida? Olha ali, aquela cor é azul. E nem tem bolinha nenhuma.
- Então, foi o que eu disse.
- Tá bom, tchau

¯\_(ツ)_/¯

 

Parece uma derrota, mas juro que você ganha em qualidade de vida.

***

Como não ser uma Pessoa Não Mas: ASSUMA SEUS ERROS, CARAMBA. Ninguém é perfeito. Eu não sei por que as pessoas sabem disso, mas continuam fingindo que são. É tão mais sadio reconhecer o erro e aprender com ele. "Errei a data mesmo! Obrigado por avisar", "Nossa, eu jurava que era verde e roxo Hahahah É azul mesmo", "Estávamos realmente perpetuando um preconceito, muito obrigado por nos informar, agora entendemos melhor os nossos consumidores" (vou dar um mortal pra trás no dia em que ver essa).

Erros vão acontecer, por maior que seja o cuidado que você toma. Alguma hora terá um deslize, vão te informar desse erro e você tem que escolher entre assumir (e passar uma vergonha básica, mas que não vai te matar) ou ser um mala irritante, uma Pessoa Não Mas.

***

Se você gosta do que eu escrevo e gostou desse texto especificamente, você pode me retribuir com amor compartilhando-o nas suas redes sociais? Um link no seu Facebook ou na sua timeline do Twitter já tem um poder enorme se uma pessoa chegar aqui através dele. Sério!

Só não perca seu tempo mostrando esse texto para uma Pessoa Não Mas e dizendo "Aqui, Pessoa, tudinho que você faz", porque ela nunca vai se enxergar.