Tem umas coisas que, quando a gente nasce, já caem em cima da gente. Todo bebê em condições normais já nasce com um destino traçado, tendo que correr atrás dos objetivos que Todo Mundo Tem Que. A gente mal tem tempo de saber se realmente quer aquelas coisas na nossa vida, ninguém pergunta. Quando a gente percebe, já estamos no meio da corrida. Estamos até chorando por uma coisa que, pra começo de conversa, nem foi a gente que escolheu.

Vocês sabem: Casamento, formar uma família, ter pelo menos um diploma de faculdade, ter um emprego que paga muito bem, estabilidade financeira, ter seu próprio carro, sua casa própria, uma vida social agitada, bancar viagens para o exterior. Todo Mundo Tem Que.


E, gente, é fácil? Não é fácil? Olha o tempo que leva pra se formar numa faculdade. Olha quanto custa uma casa própria. E a responsabilidade de entrar num casamento e formar uma família? Disso ninguém fala, né? Tudo na vida tem um custo-benefício e nem sempre compensa. Nem tudo que dizem ser bom vai funcionar para todos.

Eu tenho uma noção de felicidade muito bestinha. Eu só quero ganhar mais do que eu gasto. Eu não quero receber vários dinheiros se, pra isso, eu tenha que fazer uma coisa que eu odeie ou suportar um estresse sem tamanho. Eu não acho graça em viajar, ainda mais para o exterior. Eu passo longe de carro, não dou a mínima. Gosto muito de gente, mas a ideia de sair de casa todo dia quase que me mata. A ideia de ter que arrumar alguém pra namorar só porque estou "na idade pra casar" me aporrinha ainda mais.

Não quero ter uma mansão, quero morar numa casa com quintal, e só. Quero achar o equilíbrio entre gostar do que faço e poder me sustentar com o que ganho. Quero escrever livros que passem alguma mensagem positiva. Quero sentir que eu fiz as mudanças certas e não fiquei me contentando com situações modorrentas. Quero mudar o mundo um pouquinho ao redor. Eu sou bestinha assim.

Nada contra correr atrás das coisas que Todo Mundo Tem Que™, mas pensa bem no que você está fazendo, porque vai ser um saco chegar lá na frente e descobrir que nada daquilo tem a ver com a sua pessoa. E vida você só tem uma.