Está funcionando assim: Eu ponho na lista, e, depois de um tempo, a magia acontece. Ter me tornado um Fazedor de Coisas no começo do ano está impactando tanto a minha vida que, no último fim de semana, eu coloquei meus pés em patins e fui deslizar no gelo. Quem diria?


Gente, patinação no gelo engana muito. Minha primeira reação ao ver a pista cheia de pessoas foi pânico. Depois que eu prestei atenção e vi que tinha um monte de criança, pensei "Ah, não pode não ser tão difícil". Entre os meus amigos, eu fui o primeiro a colocar o pé no gelo e, assim que me equilibrei, tive que dizer DEU RUIM, VOLTA TODO MUNDO. É mais difícil do que parece! O ser humano apenas não nasceu para se equilibrar no gelo. Eu não conseguia dar um passo decente. Me agarrei nas barras de ferro e, sinceramente, não tinha condições de sair dali.

Meus amigos pegaram o jeito muito mais rápido do que eu. Fiquei um pouco frustrado com a minha incapacidade de fazer que nem eles, confesso. Eu mal conseguia tirar uma mão da barra de ferro.
Demorei um tempo, mas entendi que, na pista, eu simplesmente tinha que ir. Sabe, não pensa muito, VAI. O truque pra mim foi fingir que eu sabia o que estava fazendo, que tinha pegado um macete real. Quando eu dei por mim, já estava dando umas voltas marotas. Teve até uma hora que eu meio que ia cair, mas, SEI LÁ COMO, dei um giro. Fiquei, tipo, ARRASEEEEI. 

 Eu na pista
E patinar CANSA, ainda mais se você não for exatamente um competidor olímpico. Dias depois, e ainda estou sentindo músculos que eu nem sabia que tinha. Parece que montei num touro mecânico a noite toda. 
Não sei se eu faria novamente, mas sei que vou guardar para sempre a lembrança do momento em que eu disse a mim mesmo: Ok, parou a palhaçada. Você vai soltar a barra de ferro AGORA e vai humilhar todas essas crianças destemidas. VAI.

E eu fui.