terça-feira, março 18, 2014

A propaganda já está quase velha, mas só fui prestar atenção há uns dias atrás:



Reparou? Achou estranho? Ficou um pouco indignado?

Não???

Pois é.

A teoria do EFMN (Esquema Falta Mulher Negra) veio de Tão Ontem, livro que já indiquei mil vezes no Fechei. É bem básica. É só reparar, principalmente em comerciais e nessas fotos de banco de imagens, em como a mulher negra é pouco representada. Está lá o homem branco, sempre presente. A mulher branca também. E aí, claro, precisando preencher a cota para negros, escalam o homem negro. Na maioria das vezes, quando há apenas 3 pessoas, essa é a formação. A mulher negra sempre falta. Quando são só dois papéis então, a mulher negra nem deve ser cogitada.



Foi viciante depois que comecei a testar o EFMN em toda propaganda e, meu deus, ele é verdade. O livro é de 2004, mas ainda é verdade. A gente é tão cego com essa, humn, maioria branca que nem repara nesse tipo de coisa. Daí que fui rodar o EFMN nesse comercial da Volkswagen e: A mulher negra não está, apesar de ter uma meia dúzia de mulheres no vídeo. Ok, já estou acostumado com isso, beleza. Só que...

SÓ TEM GENTE BRANCA NESSA PROPAGANDA.

Cara, tem vários homens, várias mulheres, várias oportunidades! Até um RUIVO (2% da população mundial) arrumaram para o comercial, mas um negro... Só se for o cara invisível ou a galera de capacete.

Veja bem, não acho que os criadores se reuniram em seu covil e: "Vamos criar um comercial só com gente branca MUAHAHAHAHAH". Espero que não, quer dizer. Mas o perigo é justamente esse. É um racismo que a gente não percebe. Eu procurei no Google pra ver se já havia uma discussão sobre isso e não achei nada. Se o comercial fosse composto apenas por negros, certamente uma quantidade maior de pessoas notaria esse fato, entende? De alguma forma bizarra, essa coisa da maioria branca está muito intrincada na sociedade. Muita gente nem liga, mas não é estranho? Eu acredito que negros sejam a maioria (No Brasil, pelo menos), mas, ainda assim, são os menos representados. Vide os personagens da Disney. Vide os atores dos comerciais de cerveja. Vide os protagonistas de Malhação. Quando aparece, o negro sempre é a exceção.

E, cara, que esquema é esse? Falta a mulher negra, falta o homem negro, a criança negra, falta todo mundo, só tem gente branca. Jogue "pessoas" no Google Imagens que você vê que é bastante proporcional (Dá pra contar no dedo as mulheres negras)

Se você é negro, claro que você já reparou. Não precisou de um texto num blog e nem de um livro YA pra descobrir isso. Mas eu, que não sou excluído do Esquema STGB, passo batido, porque não me afeta, não me diz nada. É quase certo afirmar que os produtores desse comercial são todos brancos.

Agora, pare, repare, pense. O Esquema STGB ainda acontece pra caramba. O racismo ainda existe, ok? Você pode até não ver gente chamando qualquer um de macaco, mas isso é porque o racismo está por dentro das nossas cabeças.

Li uma frase em algum lugar da internet, nem faço ideia da autoria (Não encontrei), mas diz algo como: "A mulher negra olha no espelho e vê uma mulher negra. A mulher branca olha no espelho e vê uma mulher. O homem branco olha no espelho e vê um ser humano". Acho que esse é o motor do Esquema Só Tem Gente Branca.

Posted on terça-feira, março 18, 2014 by Felipe Fagundes

10 comments

***

quinta-feira, março 13, 2014



Ok, não é do criador da Wikipedia, mas ainda é um apelo pessoal. É que eu não tenho essa cara bonita, então achei que seria mais impactante assim.

ASSISTA SURVIVOR, POR FAVOR. ME DÊ SUA MÃO, VAMOS SER AMIGOS, VAMOS CRIAR UM CLUBE. ASSISTA SURVIVOR.

Eu adoro reality shows, desses de eliminação, que em cada rodada um participante sai da competição. Já assisti muitos, acho viciante. Tem gente que surta por futebol, por livro, por Justin Bieber, eu surto por realities. Vocês não tem ideia.
Bobinho eu quando achava que BBB era o suprassumo da coisa.

Daí eu descobri Survivor. O melhor reality que já assisti na vida. O-Me-lhor. Se você não curte esse tipo de programa, azar. Mas se você curte e não vê Survivor, VAI POR MIM, ASSISTA. DÊ UMA CHANCE. Sinto que é um desperdício de vida gostar de reality e nunca ter assistido um ep de Survivor. Se você não gostar, beleza, não te julgo, a amizade continua e etc.

Do que se trata?

Pessoas são divididas em tribos e jogadas num paraíso tropical (Tipo, os lugares mais lindos da TV. Globo Repórter perde). A cada 3 dias, as tribos se enfrentam em desafios de lógica, resistência e/ou agilidade. A tribo que perde deve eliminar um de seus integrantes. Quem sobrar no final leva 1 milhão de dólares para casa.

Não parece grandes coisas, né?

POIS É. E você deve conhecer uns 3423876 realities desse naipe, mas Survivor tem um fator que faz toda a diferença:

O PÚBLICO NÃO SE METE.

O público não vota, não se intromete, não salva, não queima, não faz nada. Só fica em casa eufórico com as jogadas excelentes de Survivor. Os participantes dependem única e exclusivamente de sua sagacidade para com seus concorrentes.

E por que isso é tão bom?

Nem sei se consigo explicar. Os participantes JOGAM pra valer. Não tem nego formando casalzinho "porque o público gosta", nem nega se fazendo de santa "pra ganhar a simpatia do público", nem galera fazendo drama pra "conquistar a audiência". Não tem essas jogadas cafonas. As pessoas são sinceras com o público (mentem pra caramba para os outros, mas são sinceras com o público). Está todo mundo ali pra ganhar um milhão de dólares. E isso rende as MELHORES CENAS, coisas impossíveis de acontecerem em outros realities!

 Hahahahah

Os gays mais barraqueiros, esse programa tem
Isso é um MEGA ponto a favor


 Justificativa que nunca vem no BBB

Depois que a tribo perde a prova, e todos sabem que terão de enfrentar o Tribal Council (quem tiver mais votos, rala), as pessoas surtam. Tentam convencer, trocam de aliança, fazem jogo duplo, apelam pra sedução, CHUTAM O BALDE E JOGAM TODA A COMIDA DA TRIBO FORA... E, tipo, uma coisa que nunca vi: a gente assiste o Tribal Council sem saber o que vai rolar. A gente NUNCA SABE. NUNCA acontece o óbvio. NUNCA. Eu sempre termino o episódio assim:



Os próprios participantes ficam chocados com as famosas blindsides (essas jogadas que pegam todo mundo de surpresa). Chega na hora de votar, a galera se ataca abertamente, usando argumentos pra se defender e tentar persuadir os outros. E o apresentador não é um banana, ele faz as perguntas certas, só pra por mais lenha na fogueira!

Gente, é o paraíso de todo fã desse tipo de jogo!

Ídolos de imunidade

Causadores de grandes blindsides. São objetos escondidos na ilha. Quem usar um desses durante um Tribal Council, anula todos os votos que recebeu. Imagina, galera junta votos numa pessoa só, e, RÁ, pessoa usa o ídolo. Aí sai o segundo mais votado, que provavelmente é um coitado que recebeu um voto aleatório e tal.
O lance do ídolo de imunidade é que ele deve ser usado ANTES dos votos serem lidos. Ou seja, a pessoa usa sem saber se precisa usar. Pode usar à toa. Risos. Ou não usar e sair. RISOS.

O final

Mesmo depois da temporada maravilhosa, Survivor ainda tem um grande trunfo: O final. Apenas 3 participantes chegam até a final. E aí eles jogam no dado? NÃO. É o público que escolhe quem vence? NÃO (Deus me livre). Os participantes eliminados é que decidem quem leva o prêmio por meio de votação! E aí a gente vê aquelas pessoas que foram enganadas pelos 3 finalistas com o poder de dar 1 milhão pra um deles Hahahahahah Elas fazem perguntas, máscaras caem, os finalistas tentam se defender, muita coisa constrangedora para nossa alegria e etc etc etc.

OMG, E ISSO NEM É TUDO.


(Para mais informações, tem esse texto aqui que, meu deus, muito melhor que esse)

ASSISTA SURVIVOR. Pelo bem da nação e tal.




~FIM DO APELO~


PS: Atualmente, Survivor está em sua 33ª temporada.

Posted on quinta-feira, março 13, 2014 by Felipe Fagundes

2 comments

***
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...