Sinto necessidade de escrever toda vez que faço uma viagem, porque é uma coisa que não acontece todo dia. Nem todo mês. Nem todo ano. Talvez, eu só farei meia dúzia de viagens na VIDA! E essa pode ser a única que envolva aviões. Amigos, fui pra Foz do Iguaçu.

Segue a primeira parte do diário!

Spoiler: NÃO MORRI.

1) Um parto pra chegar nesse aeroporto. CÊS NÃO SABEM. Parindo uns trigêmeos bem gordos. O ônibus que leva ao aeroporto não estava parando nos pontos QUE DEVERIA (Um abraço pra lógica), daí minha mãe inventou de pegar táxi do outro lado da rua. Trocentos ônibus passaram E pararam no ponto, assim que chegamos no ponto do táxi. Nenhum táxi. Voltamos com o rabinho entre as pernas para o ponto de ônibus, que, honestamente, era nosso lugar.

2) O voo sai às 10h. Check-in às 9h. Saí de casa às 5h. Era pra surtar, mesmo, por estar às 8:20 esperando UM MILAGRE do transporte.

4) Parece mentira, mas: Descemos no Terminal 2 do aeroporto, e ele não era o da minha empresa aérea. Como lidar? Entrar em pânico e pegar um ônibus SAINDO do aeroporto.

- MOTORISTA, A GENTE QUER PEGAR O AVIÃO!!!
- Moça, isso aqui está indo pra Bonsucesso.
- Q???

Pra quê economizar dinheiro se a gente pode pegar o ônibus errado, descer no meio no mato e chegar no aeroporto como dois andarilhos perdidos, não é verdade?

8) Meu deus, nunca corri tanto. Eu e minha mãe ganharíamos um The Amazing Race brincando. Quase beijei o chão quando achei o terminal certo.

9) E minha calça caindo porque tirei o cinto no detector de metais? O.O Roteiristas, não. Apenas não.

10) Avião é uma coisa superestimada. SÉRIO. Ônibus de viagem >>>>>. Primeiro, que calor. A internet disse pra eu trazer um casaco OU um lençol bem grosso. Tá o casaco aqui me atrapalhando. Imagina eu com um lençol na mão? Hahahahahah Segundo: ISSO É A JANELA???? Meu deus, um buraquinho pífio. Cadê a vista maravilhosa? Cadê os anjos nas nuvens de algodão? A janela do quentão super ganha dessa. Tem vento, né.

11) Tô na poltrona do meio. Uma cidadã com os pés pra fora dos sapatos na janela (Se fosse eu, nego ia reclamar, porque, né). No corredor, um cara lendo Sidney Sheldon em inglês.

12) A moça da janela dormindo e, por Deus, acho que ela está peidando. Tá um cheiro estranho aqui, mas agora me ocorre que, talvez, seja o chulé dela. E, gente, jura que você me privou da janela pra por óculos escuros e DORMIR? E ainda fechou uma das janelas. Francamente... No fundo, eu nem julgo, essa janela é uma decepção, só serve pra bater sol na nossa cara.

13) QUASE MORRI escrevendo o item 12. Cidadã me perguntou se eu queria que abrisse a janela assim que escrevi sobre ela ter fechado HAHAHAHAHAHAH Pensei que ela estivesse lendo pelos óculos escuros, mas foi só um: "Quer abrir a janela pra entrar mais luz pra você escrever?" HAHAHAHAHAH Cada maluco que senta do nosso lado e a gente nem sabe, meu deus.

14) Digamos que eu tenha roubado o cardápio/menu do Sidney enquanto ele cochilava. Minha poltrona veio com papelada em dobro, mas nenhum menu. Poltrona da cidadã veio vazia, aposto que ela jogou a papelada pra cá. Pedi um copo d'água. É de graça.

15) "Use o assento para flutuar". Era o aviso em todas as poltronas. Não quis refletir sobre.

17) Acho que sou o único panaca usando o cinto do assento. Galera passeando pelo avião e tudo. Super queria uma turbulência só pra dar um susto.

18) Repetindo: Avião é superestimado. Mas, ó, dá pra esticar o pé. Poltrona do meio não é o fim do mundo. Eu levei mil coisas pra me entreter no voo (1 mp3, 1 bíblia, 1 livro de 880 páginas, 1 diário de viagem, 1 biscoito...), mas fechei o olho. Quando abri, já era hora de sair! Aparentemente, cheguei vivo, juntamente com a minha dignidade...

Me avisaram que essa é uma foto obrigatória.
Achei uma bobagem, mas tirei, mesmo assim.


~ CONTINUA ~

PS: Para quem não sabe, esse é um diário real. Digo, além dele não ser fictício, é um diário físico, em papel. Eu escrevo em tópicos durante as viagens e posto aqui no blog só o que acho interessante (Vejam que meu conceito de interessante é bem duvidoso), por isso faltam uns tópicos, que tirei na edição virtual do diário.

PS2: Meu primeiro diário está no Fechei. Uma viagem modesta para Teresópolis, mas envolve gambás e eu dormindo no banheiro, então recomendo :)